A Verdade Que Funciona

Saudações prezados irmãos de fé, aqui estou eu novamente, para expor um pouco sobre as ideias da fé.

Lendo alguns livros, assistindo a algumas reportagens, somos levados a crer em milagres, em curas fantásticas, em obras que a ciência não consegue descrever com exatidão, seja cirurgias espirituais, auto cura do câncer, muito elucidada nos livros de Deepak Chopra, principalmente, a Cura Quântica, podemos presenciar no Globo Repórter muitos feitos, um grande amigo meu, um irmão, Fabio que foi curado de uma leucemia com baixa probabilidade de cura, para aqueles que buscam a espiritualidade, somos bombardeados por informações incontestáveis sobre o poder da cura através da fé, através da imposição de mãos, através das orações, através do reiki, mahikari, ayurveda, cromoterapia, pregações e assim por diante.

Eu muitas vezes, posso ser criticado aqui, mas ouço muito algumas rádios evangélica, com isso, aprendo e estudo como eles conseguem influenciar o povo, outro dia eu ouvi em uma rádio:

“Você irmã, que está com problemas nas articulações da perna, você que sente esse formigamento nos pés, Deus está falando comigo, você terá a sua cura irmã, você terá a sua cura, oraremos por você que Deus está agindo sobre você, por favor, deposite na conta (Dada as informações da conta) qualquer quantia para ajudar o missionário a te ajudar, você ficará livre essa angústia irmã, dessa tribulação, porque Cristo falou comigo”.

Para qualquer pessoa com o mínimo de senso crítico, para não dizer inteligência, consegue perceber que a probabilidade de ALGUÉM estar ouvindo isso e estar com esses sintomas é GRANDE, senão existe nenhum ouvinte que apresente esses sintomas, outros podem se compadecer da dor e fazer o depósito, mesmo não tendo a certeza que existe algum ouvinte com esse sintoma. E ainda vou mais longe, tenho uma experiência muito próxima de uma pessoa que estava com os sintomas apresentados na rádio, depositou R$ 50,00 e depois de uma semana, disse estar curada.

São circunstâncias como a supracitada que movimentam o mercado da Fé, segundo pesquisas, o mercado da fé, o televangelho, movimentou quase R$ 30mi somente no ano passado, mas e aí, onde eu quero chegar com tudo isso?

Eu sinceramente, não acho que A Consciência Universal (Deus), se contente com nossas mazelas, nos imprime tais provações por vontade própria, eu como pai de dois filhos, é inconcebível pra mim que um Pai, um Criador, faça com que nos prostremos às dores, ao sofrimento, recuso-me a crer que nosso Criador, seja um Deus de punição, de cólera, e que necessita de um intermediário que interceda por nós para que conseguimos algo que precisamos, nego-me a crer até o último suspiro de vida. Sim, não creio que nascemos incompletos, necessitando de outro ser constituído de pecados para que nos ajude.

Infelizmente, como vivo dizendo aqui, nossa baixa autoestima, nossa falta de confiança faz com que busquemos ídolos, e qualquer um que se apresente da maneira correta ou que fale o que queremos ouvir, já depositamos ali o foco de nossas esperanças, não estou dizendo que isso é algo ruim, afinal, todos nós precisamos de amuletos, seja materiais ou espirituais, precisamos de algo para centralizar o nosso caminho, nos dar o norte, nos dar a referência e é justamente nesse momento de carência, de angústia e desespero, estamos suscetíveis à falácia dos boçais, aqueles que se acham os verdadeiros mensageiros do astral, e é aí que mora o perigo.

Desde a Antiguidade, somos forçados a imposições, quantas vezes fomos submetidos à própria Igreja? A Bíblia que desde a Antiguidade se fazia a mais aboluta lei do Ocidente? Deus, em um momento de cólera, decidiu punir Lucifer, o portador de Luz, o melhor de seus anjos para as trevas, para o inferno para que o mesmo aprendesse a não contariar as Leis de Deus. Para isso, faço apenas duas reflexões:

  1. Quem aqui tem filho e teria coragem de punir eternamente seu filho? Sentimento de Vingança? Cólera? Para alguém que segundo a bíblia só ensina o amor?
  2. Porque não interpretarmos que Deus mandou o seu melhor anjo, aquele que porta a luz para o inferno, que na verdade vem de ínferos, que seria plano inferior, para nos auxiliar? Se não foi um ato de amor Deus enviar o seu “mais amado” filho para trazer a luz? A compreensão para nós, seres da Terra? Vale a reflexão, o inferno pode ser aqui!

Mas como não sou teólogo, segue o jogo…

Em todas as religiões presenciamos milagres, em todas as doutrinas, até mesmo nas Escolas Iniciáticas aprendemos muitas coisas, e a única relação que eu vejo entre todas elas como resultado de operação de milagres é a Consciência. Seja ela Objetiva, Universal, Subjetiva, tudo oscila em torno da Consciência, seja quando despertamos para o nosso Eu Divino, seja quando acreditamos com plena convicção naquilo que queremos.

Por isso, para todos aqueles que recorrem a mim através de e-mails, me perguntam porque fulano usou 4000 velas para um trabalho e funcionou e o outro fulano usou água e incenso e funcionou também, e porque com essa pessoa não funciona nada? Simples: Você realmente quer o que você está pedindo? Qual a energia que está colocando nisso? Está pedindo por pedir ou tem convicção e certeza do que quer?

Para alguns, a oferenda é primordial para obtenção de qualquer graça, para outros, pular sete ondas, para outros, pendurar 5000 fitinhas do senhor do Bomfim no braço, para outros o jejum, para outros o acendimento de incenso, para outros, a meditação e o único elemento que se relaciona com tudo isso, é você!

Alguns terão mais facilidade na oração, outros na meditação, isso vai depender única e exclusivamente de sua AFINIDADE, da qual está correlacionada às suas experiências anteriores, escolas passadas, grau de vibração da qual você participa, isso não significa que você seja incapaz, apenas terá mais dificuldade que outros, e outras vezes, mais facilidade que outros, procure aquilo que te faz bem, como eu vivo ressaltando no blog, a religião é para nos trazer paz, conforto, se está em um centro que só passa nervoso, em uma igreja que te incomode, mude, Deus não o punirá por isso e nem tampouco os Orixás, eles já possuem luz o suficiente para nos compreender, nessa escola, eles são os mestres e somos os alunos, eles são as estrelas e nós os navegantes, e ao invés de ficar na busca incessante sobre o que é certo ou errado, porque certo ou errado é apenas ponto de vista, procure aquilo que você se sente bem em fazer, é incorporar? É cambonar? É tocar um atabaque? É participar de uma missa? Um culto? Uma mesa? Já dizia um dos evangelhos apócrifos, o evangelho de Tomé encontrado em Nag Hammadi e negado pela igreja:

“O reino de Deus está dentro de ti e a tua volta; não em palácios de pedra ou madeiras. Rache uma lasca de madeira e Eu estarei lá; Levante uma pedra e Me encontrarás…”

Portanto, a sua Verdade é muito melhor que a minha Verdade, no fundo, você não precisa de ninguém, apenas de poucas referências, fomos feitos à Sua Imagem e Semelhança para sermos autossuficientes, um pastor ou um babá não é e nunca serão melhores que você.

O que vai fazer toda a diferença na sua vida, é aquilo que você crê de todo o Coração, essa é a Verdade que Funciona, que vai te prosperar, te curar, te ensinar. Essa Verdade é aquela que a Consciência Universal imprimiu no seu íntimo no momento em que você mais precisar se conectar com Deus! Somente isso.

Uma vez um mentor me disse: Se confiassem mais em vocês, não precisaríamos mais de médiuns, e ele ressalta, médiuns não são somente aqueles que estão nos terreiros ou centros kardecistas, muitos professam outras religiões com o dom da Palavra.

A Fé nada mais é que sua Força de Vontade dizendo a tudo à sua Volta o que você mais deseja, e como dizia Hermes na Lei da Correspondência:

“O que está em cima é como o que está embaixo. E o que está embaixo é como o que está em cima”.

Sua mente é capaz de mudar tudo à sua volta, a sua fé, é sua força de Vontade, é a Energia Divina da qual você é munido de transformar tudo aquilo que você acredita, e não é palestra motivacional e nem tampouco coaching, é experiência própria e conhecimento de causa, acredite, empregue a Energia Divina, quebre seu carma com força, determinação e foco.

Sua intuição é o seu melhor professor, desenvolva-a, escute-a, siga-a e realize tudo o que você propôs a você!

Neófito da Luz .’.

Anúncios

Fé: O Elemento Primordial da Graça

Saudações irmãos.

Muito já falei sobre o elemento do poder do pensamento para a cura de tudo, para a resolução de quaisquer males. E cada dia que passa, isso mais se evidencia.

Essa semana, no “Profissão Repórter” pude presenciar mais uma vez o alcance de resultados, mesmo que a ferramenta para esse alcance fosse inválida ou até mesmo, imprópria.

Não é questão de julgamentos e nem tampouco menosprezo, e sim, a busca incessante por ídolos, por seres interplanetários que nos auxiliam para as mazelas do dia-a-dia. Presenciei através da reportagem a entrevista com médiuns supostamente incorporados, um deles teve a humildade em dizer que era semiconsciente e consciente e sua casa, em São Caetano, cheia de filhos que buscavam ajuda e muitos deles, com suas graças alcançadas, presenciamos também, um outro médium, do RJ que também recebe esse mesmo doutor, do qual teve sua conduta relativamente estúpida e informou ter morrido na Segunda Guerra Mundial onde na verdade, sua data de transição (morte) era de 1917, o que para os que possuem algum conhecimento de história, sabe-se que essa é a data da Primeira Guerra.

Pergunto-lhes de forma extremamente RACIONAL, para onde vai a credibilidade em um espírito que primeiramente não quer mencionar como morreu e segundo, um espírito que erra a data de um evento tão importante no mundo espiritual, como as Guerras, que são mecanismos de desencarne massivo em nosso Globo onde necessita de grande mobilização espiritual para os trabalhos, fica a pergunta, o médium era um canal ruim de comunicação para esse espírito ou ali não havia absolutamente nada? O Espírito em questão era um qualquer ou ainda existe a ausência de modos no Plano Espiritual?

São essas questões que ficam presentes em todos os espiritualistas e que só corroboram com o charlatanismo e a banalização das religiões que utilizam da mediunidade como sua forma de propagação de fé.

Ainda tem a questão que um fala que é o Hans e o outro “Hansen”.

De uma forma ou de outra, as curas são alcançadas. Por que?

Fica a reflexão.

Apenas um breve comentário.

Neófito da Luz .’.

A Mente é sua maior Mandinga

Saudações fraternais aos meus queridos irmãos do blog.

Existe um Princípio muito famoso chamado “Princípio de Pareto”, também conhecido como princípio 80-20. Ele afirma que para muitos fenômenos, 80% das consequências resultam de 20% de causas. Aplicando isso para o cotidiano, mais especificamente em vendas, 20% dos clientes correspondem em pelo menos 80% dos lucros de qualquer negócio, é um princípio extremamente estudado e muito bem aceito em vários campos de estudo da ciência e da psicologia e em minha humilde opinião, ´não fugiria também da prática religiosa.

Vejo muitos irmãos de santo aqui, com a vida parada e com apenas um banho de ervas, a vida modifica-se da água pro vinho, com apenas um patuá ou um amuleto (Que será explanado em um post específico que está sendo preparado conforme prometi) as coisas mudaram de forma significativa. Que apenas com um simples alguidar na encruzilhada, seus negócios alavancaram e com isso, cria-se essa fé exacerbada em torno de muitos elementos umbandistas.

Quantos irmãos dedicam toda a sua devoção a uma mandinga de um catimbozeiro ou até mesmo a mironga de um vozinho dentro dos terreiros???

Gostaria de salientar veementemente que não estou diminuindo e nem negligenciando esses elementos, como banho, amuleto ou oferenda, e repito incessantemente, não estou menosprezando de forma alguma esses meios “mágicos” para abertura de caminhos, vencimento de demandas, cura, reconciliação, entre outras graças alcançadas; Contudo, gostaria de realizar uma enorme ressalva, em qual proporção isso ocorreu? 20% de vocês e 80% dos guias? A Proporção Inversa? Quem sabe? Para tudo na vida, nada é 100%, exceto para aqueles que curtem a vitimização ou a terceirização de culpa, nunca são culpados de nada, sempre os outros, quem nunca se deparou com esse tipo de gente?

O que eu gostaria de enfatizar aqui, é que não existe graça sem crença, não existe cura sem a “fé”, os meios externos ajudam de forma significativa sim, porém, o princípio realizador de qualquer feito é você mesmo! Existe um livro que recomendo a todos lerem chama “Cura Quântica” do Deepak Chopra, ele possui meios alternativas de curar doenças terminais e seu índice de sucesso é altíssimo, e ele explana em seus livros que a mente é a realização de tudo, mas nós, somos condicionados a acreditar sempre no externo, sempre naquilo que os olhos veem. Nos livros de Saint Germain, ele enfatiza a todo momento o poder da mente até mesmo para eliminação de peso (no sentido gordura corporal), e digo-lhes que isso ajudou de forma significativa a minha eliminação de gordura.

Uma vez um guia espiritual me disse que a Umbanda, o processo de incorporação em si é um meio de resgatar a todos a sua própria capacidade de transformação e realização, ainda não sei ao certo tudo o que ele quis dizer, mas aprendi que cada mironga, cada passe, cada fumaça, cada oferenda só existe sucesso quando é feito de forma positiva e com fé naquilo que estamos fazendo, ou seja, grande parte do processo de realização parte de sua própria força de Vontade, da credibilidade que você emprega naquilo que você faz.

O que eu gosto muito de aprender com os guias espirituais, é que em nenhum momento eles possuem a Vaidade de dizer que foram Eles que realizaram as coisas, pelo contrário, primeiramente eles enfatizam o merecimento e a Permissão do Altíssimo e em segundo lugar, muitos deles, dizem que não fizeram absolutamente nada, que simplesmente “ajudaram”. Algumas vezes, algumas pessoas vinham agradecer o Tranca-Ruas ou até mesmo algum outro mentor que eu sirvo, eles diziam que se quiserem agradecerem, dê uma “caixa” (Depois entendemos que é uma cesta básica) para quem precise, nem que fosse para um parente próximo.

Esse princípio podemos aplicar em nossa própria “incorporação”, muitas vezes “assumimos a frente” do guia, às vezes podemos estar apenas 20% conscientes e outras vezes, 80%, com quem nunca isso aconteceu?

Por isso é importante sempre estudar, quando isso acontecer, vocês também serão capazes de operar graças, como mesmo disse no post “Mediunidade Consciente ou Loucura”, nunca estamos 100% e às vezes, nem 10%, como dar continuidade ao trabalho dos mentores? Acreditando em si mesmos e neles.

Sempre digo no blog, sua Força de Vontade é a Atuação Divina sobre você, “Querer é Poder”, um ditado Shaolim diz: “Não existe não consigo, existe não quero!!!”

Importante ressaltar, como ainda não utilizamos toda a nossa capacidade cerebral e consequentemente nossa capacidade mediúnica, é imperativo a utilização de meios externos até mesmo como ferramentas para atingir o que precisamos, essas ferramentas são COMPLEMENTARES para atingirmos os resultados almejados, seja magia com a fundanga (pólvora), seja um ponto de descarga, uma defumação, são meios auxiliares para que possamos complementar nossa manipulação fluídica e enfim, a magia, a simpatia, o feitiço ou qualquer outra denominação que tenha empatia.

Mas como sempre enfatizo e muitos discordam, a maior mandiga que você pode carregar é a sua cabeçam, o seu pensamento firme e focado, alguns podem denominar como fé, outros como crença, outros como positivismo, independente da denominação, isso é preponderante para qualquer coisa que busquemos, mas infelizmente, estamos condicionados a simbolismos e elemento externos, só realmente vendo o elemento é que acreditamos na eficácia da magia, ainda somos muito condicionados ao sentido da visão, e conforme uma vez foi me dito por um mentor: “Os olhos da carne traem”.

Repito, os meios auxiliam, muitas vezes apenas como simbolismo mágico, outras vezes, como elementos fluídicos necessários, como o fogo da vela, o aroma de uma erva, mas tudo isso é pífio se a mente daquele que realiza não acredita no seu potencial.

Qual a porcentagem que esses elementos influenciam em sua crença? 80% de sua mente e 20% os meios auxiliares ou o inverso?

Reflitam…

Apenas mais um bate-papo informal sobre conceitos da Umbanda em geral.

Neófito da Luz.

A Vibração Oxalá

É a vibração da Pureza, da Fé e da Paz. É o maior de todos os Orixás, é considerado a Emanação mais Pura de Deus. Sincretizado como Jesus Cristo, em algumas casas é reservada a Sexta-Feira para esse Orixá, para outros, o Domingo, mas como sempre falo, cada casa tem a sua forma de trabalho. Seu sincretismo é Jesus Cristo e sua data de comemoração é dia 25 de dezembro.

Sua cor é unânime em todas as casas, é o branco, em algumas qualidades dentro do Candomblé, pode ter outras cores, como o azul para Oxaguian, mas o branco é sempre predominante.

Sua saudação geralmente é “Epa Babá Oxalá” ou “Epa Baba okê kakubeká”, suas oferendas são frutas, geralmente “brancas”, como maça verde, pera, uva verde. O local de suas oferendas geralmente são em igrejas ou em montes altos e verdejantes, onde Ogum Matinata costuma receber também.

Importante salientar que o branco é a cor que está em todas as outras cores, é a claridade total, é a Luz em sua Plenitude.

Simbolizado pela Pomba Branca,  ou também conhecido em algumas Ordens como Columba (com outro significado que não cabe ao post explanar), a sua origem data história de Noé e da sua Arca. Um desses episódios é narrado no capitulo 8 do Gênesis, primeiro livro do Velho Testamento. Noé, que esperava na Arca o fim do dilúvio, mandou um animal mensageiro para ver se as águas haviam baixado. O primeiro escolhido foi o corvo, que ficou voando para lá e para cá e perdeu a oportunidade deganhar a simpatia da humanidade. Então Noé enviou uma pomba, na primeira viagem, ela não encontrou nenhum lugar para pousar. Sete dias depois, foi novamente solta e retornou com um ramo de oliveira no bico. Isso, de acordo com a narrativa bíblica, simbolizava a PAZ entre DEUS e os homens ”Além disso, o ramo de oliveira significava também garantia de alimentos de remédios e da benção divina.

Essa vibração é de importância cabal para todos os filhos de Umbanda, pois essa vibração é a Fé, a Paz.

A Fé é acreditar em algo intangível, a Fé é extremamente particular, inexplicável, ela é apenas sentida, vibracionada. É a motivação inexplicável, é a utilização de nossos sentidos mais sutis, é a intuição. Como eu costumo dizer, a força de vontade é a Vontade de Deus atuando sobre nós, e podemos resumir isso na Fé, o principal elemento de toda a Magia Existente. Não adianta apenas os elementais, temos que acreditar naquilo que temos ou que fazemos. Isso mostra a relevância e poder dessa vibração nos terreiros.

Não pretendo fornecer maiores elucidações sobre a fé, porque como eu disse, é uma experiência totalmente pessoal, mas dentro da Teurgia, é a Magia mais poderosa que existe, acreditar  em si mesmo, nos atos e nas circunstâncias, um exemplo é a Biblia, você pode lê-la, estudá-la, compreendê-la, mas se não sentir o extase, se não sentir a Força, o Contexto, é apenas um Livro.

Oxalá também rege a Paz, que é um outro estado de vivência Espiritual. Também posso afirmar com veemencia que é uma experiência totalmente pessoal. A Paz é extremamente relativa, é aquela felicidade consistente que sentimos, e cada um a sente de uma forma diferenciada.

A Paz de Espírito é um sentimento inenarrável, quando estamos em Paz, tudo flui, tudo acontece, nada nos aborrece, quando estamos em paz conosco, nada nos afeta, então através desses dois fenômenos mentais, Paz e Fé, conseguimos enfim, galgar tranquilamento e a passos largos os Degraus da Evolução.

Por isso costumo dizer que os mentores que estão sob essa égide, a Vibração Oxalá, são  mentores que já alcançaram um alto patamar evolutivo, são espíritos que já atingiram o patamar máximo de todas as demais vibrações, seja o amor, o espírito de Guerra, a Justiça e com todo esse caminho traçado, conseguiram enfim, experimentar o Nirvana e hoje trazem um pouco de sua experiência aos terreiros, impulsionando-nos à Fé e a Paz Interior. Podem reparar que muitas espíritos que atuam nessa egrégora, possuem a fala mansa, uma paciência interminável em suas consultas, transmitem aquela alegria e aquela tranquilidade imensurável.

Justamente por ser considerado o maior de todos os orixás, astrologicamente, o Sol é correspondente a essa Vibração, Oxalá é a Luz em Sua Plenitude, é o Calor, é vibração presente em todas as outras vibrações.

Aranauam.

Neófito da Luz.