A Verdade Que Funciona

Saudações prezados irmãos de fé, aqui estou eu novamente, para expor um pouco sobre as ideias da fé.

Lendo alguns livros, assistindo a algumas reportagens, somos levados a crer em milagres, em curas fantásticas, em obras que a ciência não consegue descrever com exatidão, seja cirurgias espirituais, auto cura do câncer, muito elucidada nos livros de Deepak Chopra, principalmente, a Cura Quântica, podemos presenciar no Globo Repórter muitos feitos, um grande amigo meu, um irmão, Fabio que foi curado de uma leucemia com baixa probabilidade de cura, para aqueles que buscam a espiritualidade, somos bombardeados por informações incontestáveis sobre o poder da cura através da fé, através da imposição de mãos, através das orações, através do reiki, mahikari, ayurveda, cromoterapia, pregações e assim por diante.

Eu muitas vezes, posso ser criticado aqui, mas ouço muito algumas rádios evangélica, com isso, aprendo e estudo como eles conseguem influenciar o povo, outro dia eu ouvi em uma rádio:

“Você irmã, que está com problemas nas articulações da perna, você que sente esse formigamento nos pés, Deus está falando comigo, você terá a sua cura irmã, você terá a sua cura, oraremos por você que Deus está agindo sobre você, por favor, deposite na conta (Dada as informações da conta) qualquer quantia para ajudar o missionário a te ajudar, você ficará livre essa angústia irmã, dessa tribulação, porque Cristo falou comigo”.

Para qualquer pessoa com o mínimo de senso crítico, para não dizer inteligência, consegue perceber que a probabilidade de ALGUÉM estar ouvindo isso e estar com esses sintomas é GRANDE, senão existe nenhum ouvinte que apresente esses sintomas, outros podem se compadecer da dor e fazer o depósito, mesmo não tendo a certeza que existe algum ouvinte com esse sintoma. E ainda vou mais longe, tenho uma experiência muito próxima de uma pessoa que estava com os sintomas apresentados na rádio, depositou R$ 50,00 e depois de uma semana, disse estar curada.

São circunstâncias como a supracitada que movimentam o mercado da Fé, segundo pesquisas, o mercado da fé, o televangelho, movimentou quase R$ 30mi somente no ano passado, mas e aí, onde eu quero chegar com tudo isso?

Eu sinceramente, não acho que A Consciência Universal (Deus), se contente com nossas mazelas, nos imprime tais provações por vontade própria, eu como pai de dois filhos, é inconcebível pra mim que um Pai, um Criador, faça com que nos prostremos às dores, ao sofrimento, recuso-me a crer que nosso Criador, seja um Deus de punição, de cólera, e que necessita de um intermediário que interceda por nós para que conseguimos algo que precisamos, nego-me a crer até o último suspiro de vida. Sim, não creio que nascemos incompletos, necessitando de outro ser constituído de pecados para que nos ajude.

Infelizmente, como vivo dizendo aqui, nossa baixa autoestima, nossa falta de confiança faz com que busquemos ídolos, e qualquer um que se apresente da maneira correta ou que fale o que queremos ouvir, já depositamos ali o foco de nossas esperanças, não estou dizendo que isso é algo ruim, afinal, todos nós precisamos de amuletos, seja materiais ou espirituais, precisamos de algo para centralizar o nosso caminho, nos dar o norte, nos dar a referência e é justamente nesse momento de carência, de angústia e desespero, estamos suscetíveis à falácia dos boçais, aqueles que se acham os verdadeiros mensageiros do astral, e é aí que mora o perigo.

Desde a Antiguidade, somos forçados a imposições, quantas vezes fomos submetidos à própria Igreja? A Bíblia que desde a Antiguidade se fazia a mais aboluta lei do Ocidente? Deus, em um momento de cólera, decidiu punir Lucifer, o portador de Luz, o melhor de seus anjos para as trevas, para o inferno para que o mesmo aprendesse a não contariar as Leis de Deus. Para isso, faço apenas duas reflexões:

  1. Quem aqui tem filho e teria coragem de punir eternamente seu filho? Sentimento de Vingança? Cólera? Para alguém que segundo a bíblia só ensina o amor?
  2. Porque não interpretarmos que Deus mandou o seu melhor anjo, aquele que porta a luz para o inferno, que na verdade vem de ínferos, que seria plano inferior, para nos auxiliar? Se não foi um ato de amor Deus enviar o seu “mais amado” filho para trazer a luz? A compreensão para nós, seres da Terra? Vale a reflexão, o inferno pode ser aqui!

Mas como não sou teólogo, segue o jogo…

Em todas as religiões presenciamos milagres, em todas as doutrinas, até mesmo nas Escolas Iniciáticas aprendemos muitas coisas, e a única relação que eu vejo entre todas elas como resultado de operação de milagres é a Consciência. Seja ela Objetiva, Universal, Subjetiva, tudo oscila em torno da Consciência, seja quando despertamos para o nosso Eu Divino, seja quando acreditamos com plena convicção naquilo que queremos.

Por isso, para todos aqueles que recorrem a mim através de e-mails, me perguntam porque fulano usou 4000 velas para um trabalho e funcionou e o outro fulano usou água e incenso e funcionou também, e porque com essa pessoa não funciona nada? Simples: Você realmente quer o que você está pedindo? Qual a energia que está colocando nisso? Está pedindo por pedir ou tem convicção e certeza do que quer?

Para alguns, a oferenda é primordial para obtenção de qualquer graça, para outros, pular sete ondas, para outros, pendurar 5000 fitinhas do senhor do Bomfim no braço, para outros o jejum, para outros o acendimento de incenso, para outros, a meditação e o único elemento que se relaciona com tudo isso, é você!

Alguns terão mais facilidade na oração, outros na meditação, isso vai depender única e exclusivamente de sua AFINIDADE, da qual está correlacionada às suas experiências anteriores, escolas passadas, grau de vibração da qual você participa, isso não significa que você seja incapaz, apenas terá mais dificuldade que outros, e outras vezes, mais facilidade que outros, procure aquilo que te faz bem, como eu vivo ressaltando no blog, a religião é para nos trazer paz, conforto, se está em um centro que só passa nervoso, em uma igreja que te incomode, mude, Deus não o punirá por isso e nem tampouco os Orixás, eles já possuem luz o suficiente para nos compreender, nessa escola, eles são os mestres e somos os alunos, eles são as estrelas e nós os navegantes, e ao invés de ficar na busca incessante sobre o que é certo ou errado, porque certo ou errado é apenas ponto de vista, procure aquilo que você se sente bem em fazer, é incorporar? É cambonar? É tocar um atabaque? É participar de uma missa? Um culto? Uma mesa? Já dizia um dos evangelhos apócrifos, o evangelho de Tomé encontrado em Nag Hammadi e negado pela igreja:

“O reino de Deus está dentro de ti e a tua volta; não em palácios de pedra ou madeiras. Rache uma lasca de madeira e Eu estarei lá; Levante uma pedra e Me encontrarás…”

Portanto, a sua Verdade é muito melhor que a minha Verdade, no fundo, você não precisa de ninguém, apenas de poucas referências, fomos feitos à Sua Imagem e Semelhança para sermos autossuficientes, um pastor ou um babá não é e nunca serão melhores que você.

O que vai fazer toda a diferença na sua vida, é aquilo que você crê de todo o Coração, essa é a Verdade que Funciona, que vai te prosperar, te curar, te ensinar. Essa Verdade é aquela que a Consciência Universal imprimiu no seu íntimo no momento em que você mais precisar se conectar com Deus! Somente isso.

Uma vez um mentor me disse: Se confiassem mais em vocês, não precisaríamos mais de médiuns, e ele ressalta, médiuns não são somente aqueles que estão nos terreiros ou centros kardecistas, muitos professam outras religiões com o dom da Palavra.

A Fé nada mais é que sua Força de Vontade dizendo a tudo à sua Volta o que você mais deseja, e como dizia Hermes na Lei da Correspondência:

“O que está em cima é como o que está embaixo. E o que está embaixo é como o que está em cima”.

Sua mente é capaz de mudar tudo à sua volta, a sua fé, é sua força de Vontade, é a Energia Divina da qual você é munido de transformar tudo aquilo que você acredita, e não é palestra motivacional e nem tampouco coaching, é experiência própria e conhecimento de causa, acredite, empregue a Energia Divina, quebre seu carma com força, determinação e foco.

Sua intuição é o seu melhor professor, desenvolva-a, escute-a, siga-a e realize tudo o que você propôs a você!

Neófito da Luz .’.

Anúncios

Sobre a Incorporação…

Saudações amados irmãos…

Desculpem-me a correria e não pude deseja-los um “Feliz Natal”. Sinceramente eu não sou muito chegado a essa data, por isso, muitas vezes acabo esquecendo, não sou muito contagiado por essa data capitalista e consumista e não preciso de um dia específico para estar e louvar a minha família!

Mas focando no título do post, vou fazer um pequeno compilado sobre as perguntas que eu mais recebo sobre esse assunto:

Quando serei inconsciente de verdade como meu “pai-de-santo”?

Nunca! [Risos]. Como muitos aqui sabem, ninguém nunca conseguiu me provar estar totalmente inconsciente sobre a incorporação, existe uma cultura ANCESTRAL e ANTEPASSADA que somente a incorporação inconsciente é a correta e que somente médiuns feitos são capazes de consegui-la. Eu digo com total veemência: BALELA! Se existe um médium inconsciente, eu não conheci e todos os que o disseram ser, provou-se ser uma falácia, inclusive, meus sacerdotes diziam-se não lembrar de nada e vira e mexe soltavam alguma circunstância que ocorreu durante a sua “inconsciência”. Se esse tipo de mediunidade ainda existe, o que eu duvido com todas as forças, gostaria de presenciá-la.

Portanto, meu querido irmão, a probabilidade de você ser um médium consciente é a mesma de você poder flutuar com algum guia em sua matéria.

Por que você prefere usar o termo psicofonia a incorporação?

Assim como acredito que dois corpos não ocupam o mesmo espaço, dois espíritos não ocupam o mesmo corpo, o que ocorre é uma irradiação do espírito que quer realizar a comunicação com o seu corpo espiritual, permitindo utilizar de suas cordas vocais, suas funções motoras e até mesmo o seu conhecimento armazenado em seu cérebro, ocorre uma sinergia, uma acoplagem do corpo espiritual do espírito (ou chacras, ou como queiram) com os seus, ocorrendo esse sincronismo energético para a realização dos trabalhos. Portanto, incorporação é um termo já consagrado porém erroneamente utilizado.

Como posso diferenciar o Animismo da Mistificação?

Você pode adquirir essas informações nesse post: http://wp.me/p59fhC-hx

O que viria a ser a Mistificação?

Conforme o post mencionado anteriormente, mistificação é o ato de “fingir” estar com alguma entidade, mentor ou quaisquer denominações que queiram atribuir, muitos utilizam desse fato para proveito próprio para satisfazer a sua vaidade exacerbada, consequentemente a essas atitudes, os mentores vão se afastando dando espaço para kiumbas e outros espíritos de classes inferiores.

E antes que me venham dizer que existem os exús para proteger eu vos digo, existem os exús para cumprirem a Lei Cármica, existem os Exús da Lei e que respeitam o livre arbítrio e acima de tudo, a Lei da Causa e Efeito, LEDO ENGANO, achar que poderão utilizar em vão vossos mentores e escaparem ilesos da Justiça Astral.

Com isso, existe a incorporação longe? Fraca? Inconfiável?

CLARAMENTE. Recentemente tive um caso muito complicado, de uma pomba-gira da “amiga” da minha mulher dizer-lhe que eu estava traindo-a e saindo com outras mulheres, não obstante, ainda proferiu diversas mentiras a respeito de certos fatos que a minha própria esposa imediatamente atestou que os argumentos eram inverossímeis. Eu só disse à minha mulher, que é iniciante no tocante espiritual, uma simples frase: “O que esperar de uma pomba-gira que te chama de puta para conversar?” Independente se ali é ou não uma pomba-gira, existe o fator do médium poder passar à frente na incorporação, ser uma pomba-gira ainda em começo de jornada mediúnica ou não ter absolutamente nada ali!!!

O que mais podemos presenciar nos terreiros são guias proferindo palavras ignóbeis, de baixo teor agregável, muitos mais perguntam que respondem, e são pessoas que conscientes ou não, exponenciam o preconceito demasiado da religião e a incredulidade de muitos, inclusive a minha que eventualmente coloco a prova.

E para os médiuns mais velhos, não achem que estão livres disso que não estão, por mais que sejamos médiuns mais experientes, mais velhos, estamos sujeitos às mazelas da carne e com isso, contribuímos para o afastamento dos amigos espirituais ou até mesmo a dessincronização com a energia espiritual e, consequentemente quebramos a nossa vibração com o Altíssimo permitindo acessarmos espíritos de baixa vibração e rompendo com os laços dos espíritos mais evoluídos.

Por isso, sempre enfatizo, sejam médiuns fora do terreiro e como o Sete Encruzilhas sempre me lembra, não existe médium desenvolvido justamente por ainda sermos imperfeitos!

Existem médiuns desenvolvidos?

Não, existem médiuns que alcançaram maiores estágios na escada evolutiva, porém, todos nós somos aprendizes e estamos sempre aprendendo, evoluindo, quando alcançamos um estágio e achamos que concluímos, aparecem mais três para superar, assim é a constante evolução espiritual!

Existem médiuns melhores e piores?

Infelizmente é um assunto complicado para se tocar, mas é impossível negarmos a eficiência de trabalho de certos médiuns e o total despreparo de outros, meu cigano, Ramirez diz que “O Pequeno e o Grande só existem quando vistos de uma mente limitada!”. Concordo e discordo dele, no tocante concordo, realmente quando tentamos olhar com certos olhos, com os olhos espirituais, os olhos do amor, realmente somos todos iguais porque somos animados por uma mesma fonte de energia, mas infelizmente, em uma mesma casa, temos lâmpadas de maiores e menores potências, assim também ocorre com nossos corpos materiais e espirituais.

Todos nós temos um grau evolutivo, uma determinada missão na Terra, uma limitação, e a mediunidade não fugiria disso. Existem os médiuns que não ESTUDAM NADA, mas dão a comunicação com ilibada maestria, existem médiuns que devoram os livros e utilizam para fins egoístas, vivendo disso, entre outros fins, portanto, não existe uma receita de bolo, o melhor médium é aquele que tem sabedoria, não adianta ser totalmente ignorante e nem totalmente sábio, porque existem outras variáveis, como caráter e dedicação que fazem toda a diferença. Repito, conheci médiuns que mal sabiam ler, mas sua comunicação era perfeita, guias extremamente precisos, como conheci médiuns que cursaram inclusive a faculdade de Umbanda e eram ruins, má comunicação com os mentores, imprecisão nas palavras, trabalhos de cura pouco eficazes.

E uma outra coisa que é importante mencionar, não adianta sua linha só ter cacique e reis do inferno se o recipiente e o canal que criam para eles é medíocre, é egoísta e limitado, muito melhor um médium ter guias talvez no meio para o baixo termo e ter sua mente focada e seu coração limpo, no final, é o médium que fará toda a diferença. Não adianta querer chegar de avião se não sabe pilotar. Fica aí a parábola da tartaruga e a lebre para ilustrar essa ideia. Ou uma que faz todo o sentido:

  • “Não deis aos cães as coisas santas, nem deiteis aos porcos as vossas pérolas, para que não suceda de que eles as pisem com os pés e que, voltando-se contra vós, vos dilacerem.” — Bíblia, Novo Testamento, Livro de Mateus, Capítulo 7, versículo 6.

Quando estou incorporado, é normal tossir? Espirrar?

Este é um outro assunto extremamente polêmico, cada escola de Umbanda diz uma coisa.

Eu, aprendi que quando uma entidade tosse ou espirra, quer dizer que a incorporação não está tão firme, o que não denigre a veracidade daquela comunicação. Eu particularmente, já vi guias tossirem, espirrarem, se coçarem e realizarem bons trabalhos. Outros sacerdotes afirmam que a comunicação não está firme e muitas casas recomendam o guia subir para descer mais firme.

Eu particularmente sempre digo, que muitas vezes você pode passar à frente da incorporação, mas você mesmo pode trazer de volta a força dele para sua mente objetiva, isso vai depender da união e do sincronismo que você tem com ele, por isso, é sempre importante seguir alguns conselhos do post “Firmeza de Cabeça” que você pode ler aqui.

Eu particularmente não condeno, mas infelizmente tenho aquela base lá atrás que me deixa com o pé atrás, porém, como disse, há sempre a chance do médium se recuperar daquele momento e prosseguir com um bom trabalho durante a gira.

Então serei sempre consciente?

Feliz ou infelizmente, a espiritualidade tem os seus planos, hoje não é necessário mais a incorporação inconsciente porque a Umbanda já deixou seu legado em seus 100 anos, então não é mais necessária ficarmos inconscientes, já que temos uma imensidão de locais para realizar as pesquisas a respeito de vários assuntos dentro da Umbanda.

Existem posts no blog que serão mais claros e exemplificarão melhor esse processo!

Podemos acreditar em consultas realizadas pela internet ou telefone?

Sim! Se criou um mito de achar que os guias são primitivos, sim, existe muito esse mito, o guia não saber o dia da semana, o guia não poder te chamar pelo nome, muitas casas julgam isso como marmotagem, eu particularmente, acredito que se eles estão entre nós, e qualquer ignorante pode aprender a nossa cultura, pode aprender nomes de meses, dias da semana, porque não eles que estão em uma camada superior à nossa?

Acho que quando é para realizar a consulta, não existem meios, mesmo porque, indubitavelmente toda evolução, avanço tecnológico que temos, parte com permissão do Mundo Espiritual, e a Internet atraiu ainda mais pessoas de diferentes regiões e semelhantes vibrações. Aqui mesmo no blog já fiz amigos, já fiz consultas pelo Skype, pelo Whatsapp. Isso não significa que eu dou a comunicação (incorporação) e eles digitam em meu notebook ou celular, e sim que eles “encostam” e dão o devido recado para que eu possa auxiliar um irmão necessitado.

Também é importante salientar que isso não acontece 24h, talvez a pessoa esteja no seu merecimento e o recado é passado, como também, já atendi pessoas aqui do blog em reuniões particulares que costumo fazer em locais privados.

Portanto, eu mesmo sou prova que esse tipo de consulta pode ser eficiente e de extrema ajuda para os que necessitam.

Pode ocorrer a necessidade fisiológica durante a incorporação?

Normalmente, as nossas funções fisiológicas continuam ativas durante a incorporação, porém, o mentor consegue controlar essas necessidades, eu mesmo, já tive uma grande disfunção intestinal e tive que ir ao centro, durante os trabalhos, a vontade praticamente cessou, não senti absolutamente nada, depois, senti algumas dores abdominais, mas me ajudaram a cessar essa indisponibilidade intestinal. Portanto, não é incomum isso acontecer, vai depender de como você está sincronizado, acoplado ou até mesmo incorporado com o seu guia durante os trabalhos.

Como me tornar um médium melhor?

Sua conduta de vida diz muito quem você é, e obviamente, isso vai impactar em sua vibração espiritual, existe aquela máxima de “Semelhante atrai semelhante”, não pense que você está acima do bem e do mal, dependendo da sua conduta de vida, independente dos seus vícios, a prestação de contas é inevitável e irrevogável, portanto, sua conduta, seus atos, o controle de suas mazelas, o foco em sua jornada, a força de vontade são pontos preponderantes que determinam seu grau de mediunidade, sua força e consequentemente seu trabalho dentro do terreiro.

Não adianta ficar 21 dias no quartinho, rasgar o corpo todo, tomar 500 banhos de ervas e sua forma-pensamento, sua vibração espiritual, sua conduta de vida é duvidosa. Lembrem-se, somos aquilo que pensamos e atraímos em igual proporção.

Uma garota de programa ou qualquer pessoa que tem uma forma de trabalho julgada ilícita pela sociedade pode trabalhar?

Esse é um tema extremamente delicado do qual discuto muito com um dos poucos irmãos que confio totalmente no meio Umbandista. Quando eu fui pai pequeno, havia uma médium que descobrimos ser uma garota de programa, e seus trabalhos eram impecáveis, sua conduta de vida dentro do terreiro, seu trabalho bem realizado como médium era inquestionável.

Esse mesmo irmão Robson, também já teve uma circunstância idêntica, a irmã era uma excelente médium, mas ele disse que como ela não seguia a cartilha da casa que era a conduta ilibada de vida, ele a convidou a se retirar.

Pai Guiné tem uma máxima que diz: Cabe a nós ajudar e ao pai julgar!

Eu acredito que a pena é a mesma para todos, mas existem pessoas com predisposição, existem médiuns que podem ficar a vida toda sem trabalhar e não tem a cobrança, outros, quando se ausentam meses, a espiritualidade já cobra!

É impossível CATEGORIZAR e ROTULAR cada ato com sua consequência, todos nós temos um histórico espiritual que nos fornece crédito ou débito.

Não tenho uma opinião formada, mas como disse acima, se era uma excelente médium, os guias realizavam trabalhos impecáveis, quem sou eu para julgar e dizer que é errado se os seus próprios mentores traziam força e caridade para a corrente?

Mas Neófito, você não disse que nossa conduta fora da casa determina nossa firmeza como médiuns?

Sim, mas também disse que todos nós temos um histórico espiritual e que vai determinar qual será a nossa pena para nossos atos, do mesmo jeito que existem pessoas que fumam exacerbadamente e morrem “saudáveis” e outros que pararam e morrem de enfisema pulmonar ou outros malefícios causados pelo fumo! Nem todos somos iguais e nem tampouco com a mesma bagagem espiritual!

Como obter conhecimento dos guias?

Simples… Meditação, Dedicação, velas, incensos, tranquilidade na alma. Sejam puros, ou tentem o seu máximo, e acima de tudo, acreditem em si mesmos.

Escolham com quem andam, vibrem sempre positivo, tenham amor aos seus mentores, pois sempre digo, são seus amigos de jornada, amigos das mesmas escolas que você, seja bons recipientes para que estejam preparados para receber todo o bálsamo da sabedoria espiritual.

É normal no começo nos espelharmos nas pessoas, naqueles que respeitamos, mas chega um momento, que a jornada deve ser realizada sozinha, para o seu interior, com você mesmo. Existem vários meios de atingirmos um norte, cursos, palestras, blogs, mas chega um momento que você deve olhar pra si mesmo e encontrar a sua Verdade! A sua pode ser diferente ou igual à minha, podemos ser ou não da mesma escola, trabalhar com a mesma corrente espiritual. Quem sabe?

 Continuarei post na próxima oportunidade para não ficar muito extenso.

Neófito da Luz

Ceu e Inferno – Apenas um Estado de Consciência

O céu e o inferno cristão são super conhecidos e estão a todo momento na mídia. Queira ou não, você é influenciado por esse tipo de conceito e ao menos que tenha alguma oportunidade de esclarecimento espiritual, essa será a principal idéia de vida após a morte que você terá. Na verdade existem “céus e infernos” mas eles não são lugares, mas sim estados íntimos de cada um, ou melhor estados de consciência.
Podemos dizer que dentro de cada pessoa um universo infinito existe, e assim sendo muitos céus e muitos infernos também! Seus sentimentos e pensamentos são muito mais importantes do que qualquer outra coisa, como sua religião, profissão ou condição intelectual. Você vive encarnado e enquanto isso vai criando dentro de si o céu ou o inferno pessoal que viverá após o desencarne.
Mas isso nada tem a ver com qualquer tipo de moralismo, muito menos a moral – ética – católica tola e castradora. Impossível codificar – se todo um tratado sobre como deve ser o comportamento humano e seus padrões morais. Esses padrões morais mudam muito de cultura para cultura, de povos para povos e principalmente de pessoas para pessoas. Respeitar a individualidade de cada um e seu caminho escolhido são escolhas totalmente necessárias para o maior desenvolvimento delas. Fujam dos padrões morais pré – estabelecidos e vivam de acordo com o seu próprio padrão escolhido. Descubra a senda por você mesmo e então torne – se ela.
Quando você desencarnar levará todo seu clima íntimo para junto de pessoas que vibram como você, e todos juntos plasmarão o local e a atmosfera psíquica onde viverão. Milhões de desencarnados virtuosos criam os chamados planos elevados e sutis (céus), enquanto que milhões de espíritos com o coração em trevas plasmam os chamados infernos ou umbrais.

Portanto é melhor pensar e sentir um pouco mais, o que você anda construindo dentro de seu coração, e assim tente trilhar o caminho que melhor lhe agradar…

Como disse uma vez um Exu Sultão amigo:

” (…) Eu trabalho nas trevas, mas as trevas não vivem em mim. Portanto posso até habitá – la, mas ela não habitando dentro de mim, não sou seu escravo. Sendo assim entro e saio dela quando quiser…”

“(…) Exite uma luz que brilha mais forte do que milhões de sóis juntos. É a essência da alma! Essa é a luz que mora no coração…”

 
Shankara

A Firmeza Do Médium e Locais de Incorporação.

Axé irmãos.

Vou tentar esclarecer um pouco mais porque o número de pessoas que recebem fora de hora ou se machucam com a mediunidade é absurda.

Vamos estabelecer alguns pontos de concordância antes de desenvolver o post:

1)  Médium firme tem que ter total controle sobre seu corpo, não EXISTE um espírito de Luz incorporar fora do centro espírita, se INCORPORA, ou é o médium ou é espírito de baixa vibração que o PRÓPRIO MÉDIUM ATRAIU. Isso é um FATO! Só uma ressalva, existe alguns raros casos, de vida ou morte ou de extrema necessidade que pode sim acontecer, mas não na escola, cara, trabalho por nada, sem justificativa.

2)  Espíritos de Luz não machucam, não arremessam, não batem a cabeça na parede, ISSO NÃO EXISTE!

O mecanismo de incorporação ou psicofonia, como gosto de chamar, ocorre quando baixamos a frequência de nossas ondas cerebrais, por isso, muita gente fala de estar em “alfa”. É uma frequência baixa onde ficamos mais acessíveis ao nosso inconsciente, onde despertamos a mente espiritual, entrando nessa frequência. Depois disso, dependemos do nosso sincronismo vibratório em relação ao nosso mentor, nossos chacras começam a alterar sua velocidade de rotação e ocorre o encaixe e pronto, nosso sistema motor bem como parte de nosso consciente foi tomado pelo espírito do qual vibramos.

Um link para entender melhor sobre ondas cerebrais, apenas uma síntese:
http://www.diariodasaude.com.br/news.php?article=ondas-alfa-fecham-cerebro-contra-distracoes&id=8262

Aí é que começa o fator importante da história, você entrando em estado de relaxamento, mas com baixa vibração, você abre portas para espíritos de baixa vibração também, aí é onde mora todo o perigo, você vai achar que está recebendo uma “Maria Padilha” quando tá recebendo uma “Maria Batalhão” e assim começa toda a brincadeira de mau gosto.

E tem o caso daqueles médiuns que se tornam fracos e suscetíveis a qualquer mecanismo mediúnico, aí começa a receber em casa, no trabalho, na escola, e uma coisa eu AFIRMO CATEGORICAMENTE, se não for caso de Vida ou Morte, eu DUVIDO que seja um mentor de sua corrente. Seus mentores são seus amigos, não querem te expor ao ridículo, não querem complicar a sua vida. Muitas vezes eu vejo na cartilha dos terreiros como vejo em muitas Igrejas, a Metodologia de Punição! Aquele Deus colérico capaz de condenar seu filho nas profundezas do Inferno se não seguir os seus mandamentos foi incorporado nos Exus da Umbanda.

Infelizmente nascemos nessa redoma crédula e ignorante que Deus “castiga”, quem dirá os nossos mentores, não?

Isso é falácia, irmãos, a espiritualidade trabalha em benefício próprio, se algum mal te ocorre, primeiramente será por carma, você procurou e pagará por isso, isso é um fato, mas não ocorrerá NUNCA no quesito incorporação, quem faz você pagar pelos seus erros são os Senhores do Carma e não seu caboclo ou preto-velho. A Intenção deles é evoluir, te ensinar e aprender com você e não te punir ou te envergonhar.

Tinha um médium na casa que qualquer coisa que ele fazia o Exu o deixava cego, no começo eu tinha muito medo disso, mas hoje se eu vejo além de eu dar risada eu digo ao camarada: “Amigão, para com o circo aí”.

Às vezes passo a impressão que não respeito mais a Umbanda, muito pelo contrário, o que eu deixei de respeitar é circo, é animismo exacerbado, é estudo de vício, isso sim eu deixei de respeitar, agora os guias, mentores, trabalhadores sérios da caridade, médiuns dedicados à causa, esses sim, ainda possuem todo o meu respeito.

Mas é importante salientar, dediquem-se e estejam de coração aberto aos ensinamentos dos mentores, TODOS NÓS SOMOS CAPAZES de obtermos esses ensinamentos, vai de como você quer sintonizar.

Tem outro questionamento muito frequente pra mim:

– O guia é pesado e ele demora vir e ainda me joga longe…

 Deixe-me tentar explicar:

 Existe sim, mentores que sua vibração é mais forte que outros, um caso muito comum são com os boiadeiros, além de possuírem grande força vibratória, ainda trazem consigo, a Força Física, o que de certa forma, influencia demais no mecanismo psicofônico. Antes dele chegar, o médium de saculeja todo, é jogado de um lado para o outro, isso pode até acontecer, não é muito agradável, mas pode até acontecer em médiuns em início de trabalho, inexperientes ou que não aprenderam a se firmar ainda, mas com o tempo, é o que eu digo, DEVE acontecer a sintonia e a “incorporação” ficar mais suave, mais tranquila, toda aquele vibração pesada da entidade vai diminuir com o tempo porque seus chacras estarão na mesma velocidade aceitável que os dela, aí fica mais tranquilo, o mesmo ocorre para a desincorporação, que com o tempo vai ocorrendo o “conhecimento” de como funciona seu corpo, e assim, não dá aqueles solavancos feios que denigrem os trabalhos em terreiros.

E é sempre bom frisar: A QUALIDADE DA INCORPORAÇÃO DEPENDE MUITO MAIS DE VOCÊ DO QUE DO MENTOR, SEMPRE!!!

Agora o mentor jogar longe, cabe ao babalaô ver qual é o problema, não é normal para médiuns mais velhos, ou é um baita de um egun do outro lado,  a vibração da casa é precária ou o médium não aprende como trabalhar de forma normal com a mediunidade. Para cada um dos casos, temos alguns métodos para melhorar:

Em relação ao egun: Mente firme, médium firme, o que ocorre muitas vezes, é o médium tornar-se vaidoso, depressivo ou até mesmo displicente com os preceitos da casa, com isso, começa a sintonizar espíritos da mesma frequência. O segredo é sempre, ESTUDAR, ESTUDAR e ESTUDAR, quanto mais conhecimento, menos propício a cair em ciladas espirituais, pratique sempre a humildade e o aprendizado, fases ruins, todos passamos, o grande problema é que alguns se afundam e deixa isso tomar conta. Mantenha sempre a mente no Altíssimo;

Vibração da casa ruim: Tem duas saídas, ou peça licença ou assuma a responsabilidade de conduzir os médiuns da casa a um patamar vibratório mais elevado, nem todos os babalorixás aceitam porque sua grande maioria é inflada pelo ego e pela vaidade, mas compensa conversar, expor o ponto de vista, ver o que pode ser melhorado na casa, se ele for humilde, vai pensar sobre.

O médium não aprender como lidar com a sua mediunidade: É o mais difícil. Como sempre eu digo, ESTUDE, ESTUDE e ESTUDE. Para isso tem o post “Firmeza de Cabeça” que contribui um pouco com esse árduo e difícil aprendizado.

Por isso Eles dizem: Não existe médium DESENVOLVIDO, o médium tem que sempre estar aprendendo e sintonizando com as mais sutis vibrações, é muito difícil, por isso, Jesus já falava lá atrás: “Orai e Vigiai”. Não adianta estar sempre orando, estudando se não vigia suas atitudes, se não praticas o que aprendes, isso é sempre importante ter em mente. Ore e Vigie.

Mas para fechar o raciocínio, se você tem algum mentor que te machuca ou te jogue longe, primeiramente procure em você se há algum erro, algum processo falho em sua firmeza, na sua conduta, tenta sempre meditar sobre isso, segundo, veja se outras pessoas do centro também passam por isso, se for o caso, temos um sério problema na casa.

Coloque em sua cabeça, esse negócio do mentor dar “peia”, “bater” pra valer no médium, é invenção ou você é um azarado em ser médium de espíritos ainda em baixa evolução, o que vai demandar mais trabalho de sua parte em “doutrina-los”,  que é algo que eu vivo discordando ou você está cedendo seu corpo para espíritos que não trabalham sob a Luz.

E como disse, se estão te pegando na rua, ou você está evocando direta ou indiretamente e não tá vindo quem tem que vir, ou você é uma antena descompassada para vários tipos de vibrações, para qualquer um dos problemas, firmeza em sua mente, força e discernimento de consciência.

VOCÊ ATRAI AQUILO QUE VOCÊ É!

Reflitam, Analisem, Observem. Deixem de estudar o vício e estudem a Espiritualidade, a boa conduta mediúnica e aprendam a acreditar mais em vocês, vocês são Portadores da Verdade Divina. Procurem-na.

Paz e Luz.

Neófito.

Eficácia dos Trabalhos na Umbanda…

Namastê prezados irmãos.

Ando lendo muito sobre Jung, Sri Aurobindo, filosofia indiana e como sempre, tento trazer pra dentro da Umbanda, já fui criticado por isso, mas acredito que Religião nada mais é que galhos de uma mesma árvore, fragmentos de um mesmo espelho, mas para cada qual é dado conforme seu conhecimento, se prestar atenção e traçar as devidas analogias, as semelhanças saltarão aos seus olhos. Tudo tem o seu lado, tudo tem a sua própria verdade, e aqui, me deparei com muitas coisas que ando lendo dentro da Umbanda sobre maldade e magos negros.

Como místico, eu me nego a acreditar no Senhor das Trevas, na Encarnação da Maldade, como diz em Isaías 45:7, “Eu formo a luz, e crio as trevas; eu faço a paz, e crio o mal; eu, o SENHOR, faço todas estas coisas.”. Acho que o Diabo é uma forma que a Igreja encontrou de ganhar dinheiro, mas isso é assunto para outra hora.

A maldade nada mais é que fruto da Ignorância, não existe o Mal como denotam, existe a ausência de Conhecimento, o Bem e o Mal é muito relativo, mas o Mal é a referência para distinguirmos o que é bom. O que é Mal para você, para mim pode não ser e assim por diante.

Ouço muito sobre amarração, trabalhos de Magia Negra, a Pessoa estar com a vida “presa” devido a certos problemas, prestem atenção no que eu direi, porque para muitos isso é falácia, para mim é uma Verdade Constatada, todo trabalho negativo, se é que existe, ele parte dos seus próprios pensamentos. Existe algo chamado “Efeito Placebo” que será discutido nos próximos posts, mas vou dar uma “palhinha” agora. Isso é mais do que comprovado, o poder da crença, de crer em algo, como as coisas se transformam, o poder da Fé, de acreditar de forma exacerbada. Já foram realizadas muitas pesquisas em pacientes que foram curados com pílulas de açúcar e foi dito a eles que era o próprio remédio, nossa mente humana é fantástica, e justamente por ter essa complexidade, nos coloca em várias arapucas.

É muito comum em centros, principalmente aqueles que utilizam da religião para adquirir dinheiro, utiliza desses recursos de imposição de medo, e obviamente o consulente, já no desespero e no limiar da ignorância fica suscetível a acreditar em tudo o que é dito, com isso, surgem os trabalhos de amarração, você está com a vida amarrada, trabalho feito e tudo mais, e com isso, ainda cita nomes, isso é um trabalho de Tranca-Rua da sua madrinha, isso é um trabalho de Capa Preta do seu irmão e assim vai. Minha opinião: IGNOMÍNIA!!!

Meus caros senhores, eu mesmo já ouvi várias vezes sobre esse tipo de trabalho, existe sim, eu já vi, mas muitos dos casos, o filho nem com isso está, mas muitos dirigentes precisam de dinheiro ou autoafirmação, para isso, vamos culpar os demônios, assim como muitas igrejas evangélicas o fazem. Tem Igreja que se fala mais no Inimigo do que Deus, e assim caminhamos na penumbra da Ignorância.

Muitos outros dirigentes pedem uma lista enorme, já vi filhos me falarem que a compra do ebó custou quase R$ 1000,00. Aí passa ovo, passa galinha, passa um monte de coisas, vamos fantasiar né pessoas?

Já falei a todos vocês aqui, a Força de Vontade é a Energia Divina sendo evocada em seu estado consciente, a Força de Vontade, a Perseverança são elementos preponderantes para a solução de qualquer problema. O ebó nada mais é que uma forma de materializar a sua fé, infelizmente, nós precisamos disso, porque infelizmente, a única percepção que evoluímos é a visual, e como já me disse uma vez um mestre, os Olhos da Carne traem, aprenda a ver com os Olhos Frontais, os Olhos do Coração, e é nesse preambulo que ficamos reféns de elementos ritualísticos.

Uma vez uma entidade me disse: É muito mais fácil curar alguém com a fumaça do cachimbo e com o batimento de folhas a curar com o Dom da Palavra e da Verdade. Essa afirmação corrobora com o que eu digo, muitas coisas são utilizadas apenas como meios condutores da fé de vocês, muitas entidades nem precisam fumar, nem precisam de nada, mas para que o trabalho seja bem executado, vocês precisam acreditar,  e para acreditar, infelizmente precisamos ver.

Não estou dizendo que esses tipos de trabalhos são única e exclusivamente para isso, longe de mim, mas muitas vezes não seria preciso se vocês acreditassem mais no Poder de Cada um de vocês. Voltando ao assunto do ebó, gastar R$ 1000,00 em comida + R$ 1000,00 da mão do babalaô para se limpar? Não estamos vivendo mais na era das cavernas, estamos em uma época atualizada, onde a disseminação de informação é propagada quase que instantaneamente, eu afirmo veementemente que um trabalho de ebó que você desembolsa quase R$ 1000,00 pode ser facilmente resolvido com um passe, com qualquer tipo de terapia alternativa. Volto a enfatizar, não estou diminuindo o poder dos cristais, o pito dos caboclos, da energia das flores, do aroma de muitas ervas, isso existe e é eficaz sim, mas nem sempre é necessário.

Ilustrando a ideia, tem muita gente que ao invés de matar a mosca com um mata-mosca, prefere atingí-la com um canhão, alguns ainda, prefere usar um míssil, e ainda alguns para adquirir mais dinheiro, usa uma bomba nuclear. Nem sempre o problema é grave como se imagina, e na esmagadora maioria dos casos, parte do próprio estado de espírito do consulente. Muitos dizem: Você tá com encosto, precisa fazer um trabalho para tirar, MAS LEMBRE-SE, quem vibrou para atraí-lo ao seu LADO foi VOCÊ e SOMENTE VOCÊ! É aquele papo de sempre, somos uma antena, e podemos sintonizar qualquer tipo de rádio, vai depender do seu estado de espírito, e é aí que mora o Perigo.

Volto a dizer, não existe o MAL e sim a IGNORÂNCIA, e o principal culpado por qualquer miasma astral, seja uma culpa direta ou indireta, é você!

A maioria dos problemas que me aparecem são de irmãos desesperados, que estão dispostos a qualquer coisa para obter a ajuda, a Paz de Espírito que precisam, muitos me falaram que já recorreram a todos os artifícios possíveis e não conseguiram obter o que desejam, já venderam até bens para pagar babalaôs para sair dessa angústia e nada.

Não adianta buscar fora algo que você tem Dentro: A Sabedoria e a Felicidade.

Antes de precisarem de ajuda, antes de gritarem ao mundo e demonstrar fraqueza para aqueles que não merecem a sua confiança, se apegue com o seu Eu Superior, Ore, mentalize, escute o seu próprio silêncio, uma vez me disseram: Orar, Rezar é Falar com Deus, Meditar, é Ouví-lo, todos nós somos portadores de nossas próprias soluções, basta deixar a angústia de lado e aprender a ouvir teu próprio espírito.

Você é a Própria Centelha da Manifestação Divina, e como eu sempre digo, a limitação é algo da própria cabeça de vocês!

Posteriormente farei maiores desdobramentos sobre o assunto.

A Firmeza de Cabeça – Parte II

Um outro post muito acessado é sobre a firmeza de cabeça.

Interessante como todos os mediuns passam pelas mesmas circunstâncias e vibrações.
Como muitos já acompanharam, eu fiquei um tempo afastado em virtude de circunstâncias mundanas, mas recentemente voltei ao ofício, podem verificar em “Relato Particular”.

Como estou voltando aos poucos e já com a cobrança de ter o meu canto, prefiro esperar um pouco ainda.
Preciso gradativamente voltar a sentir a essência deles, identificar novamente as vibrações, acelerar meus chakras para que não ocorram muitos choques vibratórios, e para tudo isso, é necessário um preparo.

Para isso, e tem dado muito resultado, estou fazendo:

Vela de Sete dias para o Anjo da Guarda trocando o copo d´água ao lado da vela diariamente.
Todos os dias acendo uma vela para o Orixá que vibra no dia, os dias dos quais eu particularmente cultuo os orixás são:

Domingo: Oxalá/Erês
Segunda-Feira: Obaluaie, Linha das Almas
Terça-Feira: Ogum
Quarta-Feira: Xangô
Quinta-Feira: Oxóssi
Sexta-Feira: Exú
Sábado: Linha das Águas

Antes de acender a vela, acendo um incenso, simbolizando a purificação e aromatização do ambiente, faço uma oração e às vezes até recito algum Salmo, firmo a cabeça me colocando em submissão aos orixás e guias que eu sirvo, sim, é muito comum as pessoas falaram: “Meus guias”, ultimamente costumo utilizar a expressão: “Mentores a quem sirvo”. A chama dessa Vela é Luz, a Luz que simboliza a ligação trina entre Eu, o Cosmico e Eles, é uma forma de manter essa ligação sempre acesa, é uma forma de sempre manter em constate Luz essa ligação para que humildemente eu possa servir aos propósitos Divinos por intermédio dos mentores espirituais. Que a Chama esteja sempre acessa.
O Elementar Fogo é Xangô e Ogum, que possam transmutar, queimar qualquer dificuldade que ocorra, qualquer obstáculo que surja.

Sinto a energia da Vibração Orixá fluir sobre meu corpo, sinto as vibrações, algumas tremedeiras no corpo e um pequeno calor, é a confirmação que costumo realizar para saber que a entidade ou o orixá está de prontidão
para receber a vela e atender a meu humilde pedido, que é sempre estar em sintonia com as vibrações sutis.

É de extrema importância essa sintonia, essa comunhão energética entre o Cosmico, os Orixás e os mentores, ainda estou um pouco distante da minha antiga forma mental e mediúnica, mas um passo de cada vez.
Interessante que estou renascendo, aos poucos estou reencontrando, redescobrindo o caminho entre a Terra e Aruanda. É muito bom reviver todo nascimento que ocorreu há 14 anos atrás.

Reviver essa situação me auxilia a relembrar os degraus que galgamos para o trabalho mediúnico.

Aprendi no hinduísmo que temos acima de todo o respeito que temos que praticar com o Mundo Invisível, é imprescindível, é indispensável a humildade, você se colocar como um servo dos mentores e guias.
E é por esse caminho que estou voltando, me colocando como uma Ferramenta do Cosmico para a prática do amor e da caridade e da disseminação da Palavra, das Obras. E escolhi o caminho da Umbanda para servir a esse propósito, não deixando de respeitar, estudar e compreender outras religiões.

É sempre importante lembrar que os mentores não estão à nossa disposição, são companheiros de jornada, a diferença é que nós estamos no mundo físico e eles no extrafísico.
Importante observá-los como amigos, companheiros de jornada, verdadeiros irmãos e não espíritos que estão de prontidão para nos servir, e acima de tudo, satisfazer nossos desejos egocêntricos.
Estamos juntos, caminhando paralelamente rumo à Senda da Evolução, o contato com eles é de extrema importância. A Comunhão Energética é imprescindível para uma comunicação energética.

Cheguei a criar intimidade com alguns, seja por sonho, seja por evocação ou vozes na cabeça, estou retomando esse recurso gradativamente, com as velas, dedicando parte do meu dia ao Mundo Espiritual.

Sonhei com um baralho, será o meu oráculo, onde tirarei as dúvidas de minhas intuições a partir da confirmação das cartas. Peçam aos seus quais os meios de confirmação que requisitarão.

As informações chegam, eu costumo dizer que ORAR é falar com Deus, é verbalizar ao Cosmico e meditar é ouví-Lo, assim ocorre com os guias e mentores.

Essa dedicação, nem que seja 30 minutos, 60 minutos ao dia é de extrema importância para o Crescimento de nós mesmos como medium, espírito ou pessoa.
Em muitas tradições iniciáticas dizem que meditar é estar receptivo a todas as informações que circulam no Cosmico, foi assim que Buda alcançou o Nirvana, assim que muitos gurus alcançam o estado de Brahman.
E pode ser assim que consigamos evoluir também, só depende de nós mesmos.

Importante lembrar que todo o princípio da mediunidade parte de você, não adianta você ter uma corrente maravilhosa de trabalhadores se você é um receptáculo ruim, honre seus guias, honre o presente que Lhe foi concedido.
Medite, vibre de forma positiva, transmita pensamentos positivos, ore para você e as pessoas, trabalhe a forma pensamento, Jesus já dizia: Orai e Vigiai, ou seja, Ore, procure a Deus e ao Cosmico, mas vigie, seja vigilante com
seus pensamentos e atitudes, de nada adianta orar sempre e não praticar o conhecimento que se adquire.

Lembrem-se sempre, a limitação está na cabeça de vocês!

A Lei de Hermes diz: Tudo o que está em cima é exatamente igual ao que está embaixo. Se funda com o Infinito, Mentalize uma Luz incessante sobre vossas cabeças, no começo será apenas uma mentalização, uma imaginação
que com o treinamento se tornará verdadeira, se dispersem e recebam a Graça da Vibração Cosmica, até que para vocês realizarem qualquer graça, não é necessária a incorporação, apenas o auxilio da entidade ao seu lado!

Só depende de nós mesmos. Amacis, cruzamentos, coroações ajudam de certa forma, mas são simbólicos.

Nenhuma Magia é mais poderosa que sua Própria Fé e Força de Vontade, costumo Dizer que a Força de Vontade é a Atuação de Deus sobre nós.

Ps: Ainda postarei mais algumas informações a respeito do assunto

Paz Profunda!
Neófito da Luz ou carinhosamente chamado pela minha irmã Drica: Plantinha da Luz!